Carta ao senhor que inventou a guerra

17 12 2007

                                          Arruda dos Vinhos, 17 de Dezembro de 2007.

Se eu tivesse a oportunidade de mudar o mundo, decerto que o despediria.
Causa miséria por todo o mundo, mata diariamente centenas de pessoas inocentes de toda a parte, tira as casas às pessoas que têm mais dificuldades, destrói aldeias, cidades, prédios, casas; enfim, por onde passa deixa a sua devastadora marca. Deveria parar de fazer estas coisas horríveis, não pelas crianças de África, que passam dias sem comer ou sem saber a idade ou mesmo sem saber quem são os pais; não por mim, ou por ele ou pelos milhares de quilómetros que o senhor devastou, sem dó nem piedade. Devia parar com a guerra, pelo nosso planeta que de dia para dia adoece.
 É óbvio que não é o único a destruir o nosso planeta, para isso, também existem algumas fábricas por todo mundo que libertam gases, vergonhosos e imorais para a atmosfera.

Já chega de devastação e de guerras. Tire umas longas fér … aliás, não volte.

Lamento que seja assim,

João Rebelo


Ações

Information

3 responses

17 12 2007
Tiago Claudio

Grande texto, não me lembro de tu o teres lido.

25 12 2007
rita carmo

SE TODOS PENSASSEM COMO TU O MUNDO ESTAVA BEM MELHOR.LOOL
ESTA FIXE*****

29 12 2007
JO

Eu gostei do teu texto, porque nao nos pediste para parar com estas “coisas horriveis” pelas criancas ou os pobres coitados de Africa, mas sim pelo nosso planeta, o nosso Mundo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: